14 de janeiro de 2018

Defesa resolve e os Eagles vão pra final da NFC

Foles cresce no 2º tempo e ajuda Eagles na vitória
Em jogo realizado neste sábado, dia 13, válido pela primeira semifinal da Conferência Nacional (NFC) da NFL, Philadelphia Eagles e Atlanta Falcons se enfrentaram na Philadelphia. Jogando em casa, os Eagles superaram as perdas de bola de seu ataque no primeiro tempo, para crescerem no segundo e vencerem por 15 a 10, contando com sua defesa, que impediu o touchdown da vitória dos Falcons, nas últimas jogadas da partida. 

Logo na primeira jogada do confronto, o quarterback dos Eagles, Nick Foles, lançou um passe em profundidade. Com uma interferência defensiva dos Falcons, de 42 jardas, os Eagles já chegaram ao campo de ataque. Mas na jogada seguinte, o running back Jay Ajayi, tentou uma corrida e acabou soltando a bola, sendo recuperada pelos Falcons. Com dois bons passes para mais de 10 jardas, do quarterback Matt Ryan, e boas corridas do running back Tevin Coleman, os Falcons chegaram a red zone. Com um field goal de 33 jardas do kicker Matt Bryant, os Falcons abriram o placar, 3 a 0. 

A segunda campanha dos Eagles começou como a primeira, com a defesa dos Falcons cometendo uma interferência em um passe de Foles, desta vez de 21 jardas. Jogadas depois, foi a vez do running back LeGarrette Blount soltar a bola para os Eagles, mas desta vez, o corredor conseguiu recuperar a bola para sua equipe. Com Foles sendo sacado, os Eagles devolveram a bola para os Falcons. 

No começo do segundo quarto, em uma campanha dominada pelo jogo terrestre, com Ajayi correndo várias vezes com a bola e com o wide receiver Nelson Agholor improvisando uma corrida de 21 jardas, os Eagles chegaram na linha de três jardas da end zone. Em uma trapalhada do ataque, com os jogadores se esbarrandoem suas rotas, os Eagles voltaram a soltar a bola. Foles foi rápido e recuperou a bola para os Eagles na linha de uma jarda. Em uma quarta descida, os Eagles anotaram o touchdown, com Blount correndo a jarda que faltava. Com um erro no chute extra, os Eagles assumiram a liderança do placar, 6 a 3. 

Na campanha seguinte, os Eagles pararam rapidamente o ataque dos Falcons. Mas no chute de devolução dos Falcons, o time de especialistas dos Eagles, cometeram um grande erro ao tentar segurar a bola, deixando ela "viva" no campo, sendo recuperada pelos Falcons, já na linha de 18 jardas da end zone. Com duas faltas defensivas dos Eagles, os Falcons foram ficando mais perto do touchdown. Com um lindo passe de 6 jardas, de Ryan, que esteve bem perto de ser sacado, para o running back Devonta Freeman, os Falcons retomaram a liderança do placar em 10 a 6. 

Na última jogada antes do intervalo, os Eagles conseguiram encostar no placar, com um field goal de 53 jardas do kicker Jake Elliott. Para isso, os Eagles contaram com um pouco de sorte. Em uma tentativa de passe, Foles teve tudo para ser interceptado. O defensor dos Falcons pulou para interceptar a bola. No salto, a bola pegou em seu joelho e foi parar nas mãos do recebedor dos Eagles, que ganhou várias jardas após a recepção. 10 a 9 Falcons.

Em quase todo o terceiro quarto, as defesas prevaleceram sobre os ataques. No fim desse período, Foles encontrou uma boa sequência de passes, principalmente com o wide receiver Alshon Jeffery, que teve três recepções para 46 jardas na campanha. Mas na red zone, a defesa dos Falcons forçaram os Eagles a chutarem um field goal de 37 jardas. 12 a 10 Eagles. 

No quarto período, os Eagles conduziram uma campanha de quase oito minutos. Com Ajayi ganhando 32 jardas após receber um passe curto de Foles, e com o quarterback dos Eagles conectando bons passes para 10 ou mais jardas, o time da casa chegou na linha de quatro jardas da end zone. Sem conseguir anotar o touchdown, os Eagles chutaram um field goal de 21 jardas, e colocaram 15 a 10 no placar. 

A quatro minutos para o fim do jogo, os Falcons precisavam de um touchdown para virar a partida. Em uma crucial conversão de quarta descida para 6 jardas de Ryan ao wide receiver Julio Jones, os Falcons mantiveram acessas as chances de vitória. Com mais um passe completado entre Ryan e Jones, e uma boa corrida de Coleman, os Falcons chegaram na linha de nove jardas da end zone, com pouco mais de um minuto no relógio. Após dois passes incompletos, Ryan encontrou outro passe para Jones, ficando a duas jardas da end zone. Mas na quarta descida derradeira, Ryan foi pressionado pela defesa dos Eagles e não conseguiu encontrar Jones na end zone. Fim de jogo e vitória dos Eagles.

Pelo lado dos Eagles, Foles completou 23 de 30 passes, lançando para 246 jardas. Pelo lado dos Falcons, Jones teve 9 recepções para 101 jardas.

Agora, os Eagles esperam o vencedor de Minnesota Vikings e New Orleans Saints, que se enfrentam neste domingo (14), para conhecer seu adversário na final da NFC. O certo é que os Eagles decidirão o título da conferência em casa, por terem feito uma melhor campanha que os possíveis rivais em toda a temporada.
logoblog